Ocorreu um erro neste dispositivo

sexta-feira, 7 de abril de 2017

AGORA QUE VI AS FLORES...

Agora que vi as flores
Encherem os campos de cores

Agora que senti o cheiro
Da hortelã semeada em Janeiro

Agora que o ondear das searas em desalinho
Se acaba em espuma de estevas na beira do caminho

Agora que as águas da ribeira
Correm serenas, à sombra da macieira

Agora que os dias se tornam mais luminosos
As andorinhas passam à nossa frente em voos vertiginosos

Agora que os cágados estão a despertar
De um sono que parecia não acabar

Agora que as papoilas sorriem ao dia
E o seu vermelho é um grito de euforia

Agora que a paisagem que nos rodeia
Brilha e encanta, como milagres em cadeia

É sinal que o Inverno acabou
E a Primavera chegou...





Sem comentários: