Ocorreu um erro neste dispositivo

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

A LUA


Olh'á lua, dizia ele, menino pequeno de cabelo cor de ouro e olho azul, enorme, pela mão do tio Chico, apontando, com o dedo de apontar, aquela bola amarela enorme, redonda como um círculo perfeito, mas pintalgada de sombras que cada um via de sua maneira... ora um dizia que era um velho com a lenha às costas, outro uma bruxa sarcástica, ou o São Jorge a matar o dragão... ou, ainda, o São Cristóvão, curvado, com o peso do Menino que carregava o mundo consigo...

Sempre o... fascínio dessa LUA mágica, encantada e encantadora... dessa LUA que sorri ao Mundo e que, nesta noite de Lua CHEIA, sem nuvens e neste Outono, de ainda Verão, ilumina a Terra com uma luz suave, esbatendo as sombras, aconchegando as cores, sorrindo às flores, espalhando luz... Obrigado LUA!

Sem comentários: